Arthur Franco se despede do carro de som da Rainha de Ramos.

Por Raphaella Loureyro

 

Com postagem em sua rede social, o intérprete da Imperatriz Leopoldinense Arthur Franco, anunciou seu desligamento da agremiaçao e deixou explícito seu sentimento de gratidão a todos da escola :

“Venho agradecer a toda nação Leopoldinense, a Presidente Cátia Drumond, ao vice Vinícius, ao João, meus amigos do carro de som, mestre Lolo, Raphaella e Thiaguinho, minhas lindas baianas, velha guarda, harmonia, todos os segmentos e direção pelo carinho de sempre que tiveram comigo. Mas infelizmente não estarei em 2023 com vocês. Desejo a todos muito sucesso e boa sorte. Que consigam levar a Imperatriz ao degrau maior. Sempre estarei torcendo por vocês mesmo de longe a Escola que me deu a primeira oportunidade no grupo especial. Gratidão é esse meu sentimento. Não poderia deixar de agradecer ao nosso eterno Presidente Sr Luiz Pacheco Drumond e ao amigo Wagner Araújo. Deus abençoe a todos ”

O intérprete estava na Imperatriz desde 2015 começando como apoio de Nêgo e, no carnaval seguinte, de Marquinho Art’Samba no carro de som. Logo após o desfile de 2016 foi anunciado como intérprete oficial pela diretoria da escola. Para o carnaval de 2017, Arthur gravou o samba “Xingu – o clamor que vem da floresta” faturando o Estandarte de Ouro de Revelação.

Antes de integrar carros de som no sambódromo atuou como tenor da ópera “Carmen”, numa apresentação da Associação Cristã dos Moços (ACM), e a regência dos corais da Aeronáutica e Vox Intacta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *